COLUNA TÚLIO REIS

Marco Túlio Oliveira Reis – mtoreis@hotmail.com

Tuitada
Silas Malafaia, o pastor homofóbico, ungido ($$$) de Deus ocupa as redes sociais em defesa da tuitada maligna de Bolsonaro. Demonstrando um conhecimento profundo dos bastidores do carnaval, aliás, muito estranho para um pastor evangélico, Malafaia taxa a imprensa de hipócrita por criticar a postagem do presidente. Por incrível que pareça não aproveitou o momento para vender nada, nem pedir dinheiro pra seus seguidores. Certo estava o Boechat.

Laranja                
Uma das frutas mais consumidas nestes carnaval foi a laranja. Em que pese o silêncio tumular do justiceiro Sérgio Moro, agora reduzido à mero ordenança do capitão, o povo brasileiro, implacável e já impaciente com tanta lambança e desmandos, consagrou a laranja como símbolo do novo governo. Foram relembrados o filantropo Queiroz, a benevolência do Zero Três e seus milicianos, o ex-ministro Bebiano e suas candidatas, e o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro e seus desvios.

Vergonha
Queria muito não falar tanto do governo do Bolsonazi... mas é impossível. O tempo inteiro esses paspalhões aprontam, tagarelam, improvisam e roubam... a cena de outras notícias. A última foi denunciada no dia 8 de março pela imprensa mexicana. Segundo o jornal El Heraldo de México, a imagem da campanha pela execução do hino nacional nas escolas, patrocinada pelo ministério da Educação, utilizou uma ilustração que foi criada pelo artista mexicano Jesus de la Helguera, morto em 1971. O suposto plágio ainda não foi comentado pela turma da laranja.

Homenagem

Quem diria que o governo protofascista de Jair Bolsonaro (PSL), seria homenageado por um dos mais conceituados cartunistas de Minas Gerais. Rômulo Garcias, o menino de João Monlevade, radicado em Belo Horizonte, anunciou que pretende lançar um livro em “homenagem” aos 100 dias de (des)governo do capitão. Segundo o artista, “baixou realmente um trem em mim, não paro de desenhar”.

Truculência
Polícia Militar de Minas Gerais teve que ser contida pelo ministério público federal e estadual para deixar de constranger e censurar os blocos de carnaval na capital mineira. Em nome de suposta segurança, oficial da gloriosa corporação determinou ao bloco que cessasse as manifestações contrárias ao presidente Bolsonaro, sob pena retirar o policiamento do local. Pra piorar a situação, a ação desatinada do oficial foi justificada pelo comando da PM. Absurdo que não pode ser esquecido, o ovo da serpente não pode ser ignorado. Medidas eficazes têm que brecar a ilegalidade e truculência de atitudes como essa.  

Mulher
Os fundamentos do dia 8 de março – Dia Internacional da Mulher – são a luta, o emponderamento, a resiliência da mulher e sua vigília constante pelo direito de ser mulher, inda mais nesses tempos. Não é dia de presentinhos inúteis e salamaleques – ao contrário, é dia de reflexão. Abaixo o chocolate e as flores, dia 8 de março não! À luta mulheres e homens de caráter, pelo fim da misoginia, da discriminação, da agressão, do estupro, das piadinhas machistas e indecentes. Viva as mulheres e prevaleça seus direitos! Viva, viva e reviva!

Ave Lentus!
Na melhor das hipóteses, o adjetivo mais adequado para qualificar o prefeito Paulo Piau (MDB) é “lento”. Em bom latim, “Piau, o lentus”. A catástrofe em que se transformou o “complexo” Artur Machado após a porca e vergonhosa intervenção do Poder Público, e a incapacidade de reação do prefeito, autorizam essa assertiva. Não é possível que nenhuma alma caridosa, que sobrevive às expensas do Erário, tenha soprado nos ouvidos do “paturebius magister civium superior” o desgaste que o desastre operacional está causando ao combalido governo municipal.

Lamentável
Classe de advogados revoltada com arruaceiros do curso particular de medicina da Universidade de Uberaba. Em verdadeiro acinte, incompatível com a vida acadêmica, calouros e veteranos, futuros discípulos de Esculápio, gratuitamente esculacharam alunos do curso de direito, advogados e a advocacia. Grande parte dos advogados que conheceram o fato está insatisfeita, não só com o comportamento doentio dos agressores, mas também com a frágil posição externada pela universidade e cobram reação mais contundente da 14.a Subseção da OAB. Vai render...

Louvor
“Sob o céu, sobre homens” é o CD de louvor recém lançado pelo cantor e compositor uberabense Adriano Daher. Suas canções são de uma riqueza atemporal, que compreendem e ensinam a comunhão cristã e instigam à reflexão. Grande surpresa a qualidade musical e poética sustentada pelo jovem em busca de valores espirituais superiores.

Livro novo
Cheiro de livro novo me acalma, me inspira, me traduz. Esta semana “enfrento” Saramago e seu Memorial do Convento. Livro publicado em 1982 e que colocou o autor português entre os grandes nomes da literatura mundial. A crítica afirma ser o livro verdadeira obra prima, ainda não sou capaz de dizer, em que pese conhecer a fineza e qualidade de diversas outras suas obras. Por enquanto me basta o cheiro, que me acalma, me inspira e me traduz!

Via sacra
A obra concebida pelo artista plástico Lourivan Silva, por encomenda do então arcebispo metropolitano de Uberaba, Dom Benedito de Ulhôa Vieira, intitulada “Via Sacra”, composta de 15 azulejos e majestoso poema do religioso, que orna o adro do Santuário da Igreja da Medalha Milagrosa precisa de restauro. Grupo de admiradores da arte entrou em contato com o artista que se sensibilizou e organiza projeto de reconstituição. Lourivan lembrou o carinho de Dom Benedito com a obra e o santuário.

Fliaraxá
A oitava edição do Fliaraxá – Festival Literário de Araxá – vai acontecer entre 19 e 23 de junho, quarta a domingo, no Tauá Grande Hotel de Araxá. O Autor Homenageado será o português nascido em Angola, Valter Hugo Mãe. O tema deste ano é “Literatura, Leitura e Imaginação”, onde  todos os gêneros, estilos e possibilidades do livro e seus conexos, como cinema, teatro e música serão explorados.

*Marco Túlio Oliveira Reis é advogado OAB/MG n.º 60.364; jornalista Registro Profissional n.º 16.609/MG.

Publicidade

Anuncie