Coluna Mozart Jr. Sem Censura







Palavras
“Os homens deviam ser o que parecem ou, pelo menos, não parecerem o que não são.”
William Shakespeare

Celeuma
Publiquei aqui na ultima edição da coluna que a assessoria do deputado Adelmo Carneiro havia garantido que o governador havia finalmente efetuado o pagamento da última parcela do helicóptero destinado a atender o Corpo de Bombeiros em Uberaba, pois bem, hoje recebi inúmeras mensagens de pessoas que garantem que esse pagamento não foi feito e que essa noticia não traduzia a realidade.

Garantia
Voltei a entrar em contato com pessoas ligadas ao governo do PT que garantiram que o pagamento foi sim efetuado, agora é esperar para ver quem está falando a verdade. Nas próximas horas devemos ter a confirmação ou não desse fato.

Será
A noticia de uma possível mudança na chapa do ex-governador Antonio Anastasia, em que Marcos Montes teria sido preterido a e não seria mais o candidato a vice-governador fez Uberaba ferver nesta quarta feira.

Rebuliço
A noticia causou um rebuliço danado, recebi várias ligações querendo a confirmação ou não do assunto. Eu que também fiquei surpreso, fui atrás de informações até em Belo Horizonte e o que pude constatar foi que, segundo o próprio Marcos Montes, tudo não passa de mais uma plantação e que isso teria partido daqui e chegado a Belo Horizonte com o objetivo de desestabilizar, ele garante que não há a menor possibilidade de isso acontecer.

Tranquilizador?

Talvez tenha sido este o motivo da divulgação em massa de um vídeo com o deputado Marcos Montes convidando para a convenção que sacramentará a candidatura de  Anastasia no sábado em Belo Horizonte. Agora é aguardar as cenas dos próximos capítulos...

Por aqui
Se por um lado Marcos Montes busca tranquilizar seus eleitores e garante que tudo não passa de “intriga da oposição”, por outro, alguns fatos novos podem fazer Uberaba ver aumentado  o risco de não eleger nenhum deputado estadual...

Tabuleiro
Vale lembrar que a confirmação dessa mudança na chapa de Anastasia mexeria no tabuleiro de forma drástica por aqui em relação às candidaturas para deputado federal, o fator Marcos Montes de volta a uma possível disputa complicaria a vida dos atuais pretendentes.

Alianças
As alianças que se desenham podem trazer um fato complicador para candidatos da cidade, PSB e MDB podem significar uma disputa direta entre Lerin e Tony Carlos, aí a coisa aperta. Se antes cada um cuidava do seu lado, caso se confirme essa aliança, que ainda enfrenta uma certa resistência no PSB, os dois terão que esquecer o jogo de cavalheiros e partir para uma luta mais aberta, o que pode acabar resultando em um confronto em que Uberaba pode vir a ser a grande derrotada...

Gastando a sola da botina 
Se na  eleição passada  Tony cometeu o erro de ficar restrito a Uberaba, dessa vez parece que ele está fazendo a lição de casa e tem buscado apoios na região. Lerin por sua vez, já é mais escolado nesse quesito e já vem fazendo um trabalho em várias cidades há muito tempo, o que o faz sentir confiança de que poderá contar com votos em muitas cidades da região.   

Pegou
Após uma conversa que tive com um advogado que atende várias prefeituras da região, e eu ter publicado aqui  que ele me garantiu que os candidatos de Uberaba deveriam ficar espertos, pois tem prefeito acendendo uma vela pra Deus e uma pro Diabo, essa historia se alastrou pelos grupos de WhatsApp e a toda hora tem alguém lembrando disso como alerta.  

Lição
por falar em gastar a sola da botina, se tem alguém que faz isso é o deputado Aelton Freitas, aquele da lição do cinquentinha... O homem anda mais que mascate.  Outro que também não tem economizado quilometragem é o ex-ministro/prefeito Anderson Adauto fazendo campanha para sua esposa Ângela Mayrink, na verdade, há muita expectativa sobre o quanto Anderson conseguirá transferir seu prestígio político para a esposa pelas cidades da região...

Consenso
Segundo o pré-candidato Gleibe Terra Jr. nas próximas horas não será surpresa se alguns pré-candidatos do PRTB abrirem mão de suas candidaturas em prol de um nome que começa a aparecer como consenso no partido, o do Coronel Kappel. A boa aceitação do nome do Coronel seria a motivação dessa decisão por parte de alguns pré-candidatos do partido.

Decisão
É aguardada para os próximos dias uma decisão por parte da pré-candidata Denise, que segundo fontes, estuda a possibilidade de desistir da candidatura em prol de candidatos que tem um maior alcance de votos. Apesar de Denise estar quase sendo alcançada por uma dose de bom senso, dizem que há ainda pessoas que tem insistido para que ela continue, mesmo sabendo das dificuldades que será para Uberaba eleger deputados estaduais. É ver até onde o interesse pessoal se sobreporá ao geral...

A volta
Muita coisa deve mudar na Cohagra nessa segunda passagem de Marcos Jammal pelo seu comando. Além da experiência adquirida em outra função em Brasília, com certeza, ele deverá promover mudanças por ali, aliás, tem aquela história, quando se consegue ver a coisa do lado de fora, consegue-se enxergar coisas que não se via estando ao lado delas... A distancia serve também para que se receba informações que antes seriam impensáveis  de se alcançar...

Lamentável
Leitor da Coluna chama atenção para uma noticia que circulou na internet nos últimos dias, a da prisão de um policial militar por beber refrigerante de um colega. O leitor chama atenção para o quão desnecessário levar uma caso desse, passível de solução com uma conversa interna, até a imprensa e questiona a sociedade em que vivemos.

Também
Outro assunto que bombou nas redes sociais foi o da proibição do canudinho na cidade. A proposição do vereador Rubério dos Santos esteve entre os assuntos mais comentados da semana, apesar das justificativas na matéria, muita gente acha que o vereador perdeu uma chance de ficar calado...

Difícil
E  segue a dificuldade de Jair Bolsonaro em definir um vice, os pretendentes e o capitão tem tido dificuldades em contornar alguns pontos divergentes em suas propostas. Isso chega a causar estranheza, face de grande liderança de Bolsonaro em todos os cenários possíveis.


Por outro lado, o único que poderia, poderia caso houvesse uma mudança improvável na legislação, incomodar a liderança do “mito” segue sendo apresentado como o candidato do PT, o partido finge ignorar a atual situação de Lula e continua dizendo que ele é o seu candidato à presidência da república. Posso estar enganado, mas acho que a persistir isso, o PT vai acabar é demorando demais a lançar um candidato real e com isso dificultar ainda mais o processo de transferências de votos que acham que Lula terá...

Publicidade

Anuncie