Coluna Mozart Jr. Sem Censura

Palavras
Política é como nuvem. Você olha e ela esta de um jeito. Olha de novo e ela já mudou.
Magalhães Pinto

 

Absurdo
Se todo mundo se espanta com o aumento da violência contra a mulher registrado  em Uberaba este ano, certamente se espantaria ainda mais com certos casos.  Alem da denunciada tentativa de estupro dentro das dependências do hospital de clinicas da UFTM que acabou não sendo esclarecido ou desmentido em nome de interesses eleitorais, mais um caso chama atenção.

 

Vazio
Caiu no vazio a denuncia de uma jovem de 22 anos contra abuso dentro de um consultório médico em Uberaba. A pergunta aqui é a mesma da UFTM, se é mentira, por que não escancarar e repudiar a denunciante publicamente? Se é verdade por que o silencio? Afinal, a lei é ou não é igual para todos nesse país? Ou para profissionais de algumas áreas é diferente?

 

Eleição
Dobradinha o pré-candidato Gleibe Terra Jr. , um dos mais empolgados e otimista em relação a sua eleição, deve anunciar uma dobradinha com a esposa do ex-ministro/prefeito Anderson Adauto, Ângela Mairink. A verdade é que o trabalho para promover a dupla esta circulando pelo Triângulo há algum tempo.

 

Trabalho
Um dos trabalhos que Gleibe deve enfrentar daqui para frente, ele que bate tanto na tecla da renovação é convencer seus eleitores que Ângela, que na campanha para prefeito foi vendida abertamente como a executora das ideias de Anderson, agora consiga  convencer a todos que representa  realmente algo novo e não seja apenas uma representante do marido no congresso, caso não consiga convencer disso, será  o novo não tão novo assim...

 

Questionou
E Gleibin também questionou em um grupo sobre política, onde forma expostos os candidatos de Uberaba,  sobre o seu perfil divulgado. Após a correção, de onde aparecia como auxiliar de escritório para assessor parlamentar, o questionamento partiu de pessoas que acompanham sua campanha, todos querem saber: assessor de quem? Essa é mais uma história que deve render...

 

Mais um
E  Samir Cecílio que andava meio sumido do meio político, parece que será mais um postulante ao cargo de deputado federal por Uberaba. Fala-se em possível dobradinha com Franco Cartafina, aí cabem duas questões: Samir está levando isso a sério ou testando seu potencial para 2020 na eleição local? E Franco? Entra nessa ou isso pode atrapalhar seus planos de apoio junto ao grupo de Paulo Piau na tão sonhada corrida para a prefeitura?

 

Beatles
Uma coisa que os cristãos adoram criticar é uma fala de um dos integrantes dos Beatles em seu auge, quando disseram serem mais conhecidos que Jesus Cristo. Qualquer coisa que contrarie a religião faz com que tenham arrepios. Parece que o capitão Jair Bolsonaro veio para mudar muita coisa nisso, vários “irmãos” de crença, já admitem burlar o quinto mandamento em prol de um “mundo melhor”. O não matarás, aqui deve ficar de lado, afinal pensamos em implantar um política de exceção  e assim tudo é permitido para se alcançar o objetivo. Nada como ver Maquiavel e Cristo de mãos dadas... E olha que até correligionários do vereador Samuel, tão afeito a seguir os mandamentos rigorosamente, já encamparam a ideia. Um leitor da coluna em conversa com um dos correligionários do vereador ouviu; “bandido bom é bandido morto” e que a bíblia nos dê licença agora...

 

Por falar em vereador
Após o episódio dos pés cansados da CMU, agora outra coisa que chamou atenção foi o preço das cadeiras compradas para a ADEFU, por valores também muito acima do praticado no mercado, aí novamente veio o questionamento: qual vereador de Uberaba hoje questiona o que?

 

Pesquisa
A pesquisa eleitoral divulgada hoje pelas redes sócias fez com que o pessoal que apoia a candidatura  Anastasia/Marcos Montes ficar mais eufórico que o Maradona após o jogo da Argentina. Aí fui fuçar nas redes sociais e constatei uma coisa; Pimentel nos olhos dos outros é refresco, porém, Anastasia também não é lembrado com muita alegria pela classe dos professores do Estado, por exemplo...

 

Não é sigla que muda o jogo


Vale lembrar que a greve da PM que acabou gerando a posteriori os deputados Cabo Julio, membro do conselho de segurança da assembleia (?) hoje legislando (?) de dia e preso por ter sido condenado na máfia dos sanguessugas, a noite e Sargento Rodrigues, aconteceu no governo pessedebista de Eduardo Azeredo...

Publicidade