Coluna Mozart Jr. Sem Censura



Palavras
“A politica não é corrupta, os políticos são.”
Thiago Cinti

Confirmado
para tristeza de alguns e alegria de outros, parece que Marcos Montes será mesmo o candidato a vice governador na chapa de Anastasia. acredito que pelo quadro que se desenha em relação a deputados pela terrinha, pode ser a salvação da pátria da Zebulandia... É tanto candidato a deputado se garantindo eleito, que acho que Minas Gerais pela primeira vez na história deverá ter uma enorme bancada só de Uberaba na assembleia legislativa.

 

Interdição do Bretas


A interdição da loja do Bretas da Santos Dumont foi o assunto das rodas de conversa. Estive no local e encontrei várias pessoas que chegaram para fazer compras e se assustaram com a faixa e o aviso de interdição. E lha que nem foi pelo péssimo atendimento do local hein!

 

Coincidência
Como não poderia deixar de ser, ao constatarem que a motivação descrita no comunicado da prefeitura falava em falta de alvará e não por algum outro motivo, várias pessoas acharam muita coincidência essa fiscalização e lacre em um sábado e exatamente quando o Bretas cedeu espaço para abrigar a odiada, pelos comerciantes locais, feira de malhas...

 

Espanto
Eu confesso que fiquei espantado com essa interdição e também me perguntei se seria apenas coincidência, claro que oficialmente isso nunca será nem cogitado, mas que é muiiiiiita coincidência isso é...

 

Apego
Muita gente acionando a Coluna para falar sobre o comportamento da reitora Ana Lucia Simões derrotada nas eleições da UFTM, o apego dela ao poder chama atenção.  Após o pleito, ela pediu recontagem de votos por três vezes...

 

Exaltados
Os clima  andou esquentando  por lá durante as apuração dos votos, viatura da Policia Militar foi solicitada para acalmar os ânimos.

 

Saber perder
Segundo o pessoal da universidade a reitora chegou a proibir a divulgação oficial até segunda feira. Outro fato que chama atenção é que na eleição anterior, ela derrotou o atual vencedor, professor Fábio, por apenas 33 votos e ele não pediu recontagem...

 

Como na política
Alguns fatos envolvendo essa eleição fez ver o quanto essa disputa se assemelhou ao modo de fazer política no Brasil. Denuncia de uma tentativa de estupro contra uma funcionária, ocorrido dentro do hospital de clinicas teria sido abafado para a imprensa para não prejudicar o processo eleitoral. Solicitei uma resposta sobre essa denuncia e não obtive resposta, falei com vários funcionários e alguns confirmaram outros diziam não saber de nada.  Ainda aguardo uma posição oficial sobre o assunto. Assim fica a dúvida:  era noticia plantada ou abafada...

 

Normalidade
Aos poucos a cidade foi voltando a normalidade após os eventos caóticos dos últimos dias, primeiro a greve dos caminhoneiros e depois os ataques incendiários... Apesar de quase tudo já estar normalizado e nesse ponto a vinda dos reforços da Uberlândia, apesar do complexo de vira-lata já abordado em outro texto ter se manifestado em alguns pontos, foi fundamental para reestabelecer a ordem.

 

Claro
A presença das equipes da cidade vizinha deixaram uma questão muito clara, se é que alguém ainda não tinha enxergado isso, houve, ainda que momentâneo, um reforço no contingente que é o grande problema de Uberaba e assim foi possível para a PM desenvolver um trabalho de maior qualidade, tendo recursos humanos para tal.

 

Desafogo
Sem contar o desafogo para os militares que estavam fazendo jornadas absurdas para manter a aparência de que há contingente por aqui...

 

ROTAM


Ainda não foi dessa vez que a, agora amada, ROTAM veio para Uberaba, mesmo que isso tenha deixado alguns políticos “que tanto lutaram por ela” SQN, ficarem tristinhos... Mas já que  tem vereador por aí cuidando de demandas estaduais mesmo, deveriam ir discursar la na câmara  municipal de Ibiá, porque lá a ROTAM foi... na verdade, bom para Uberaba seria se fossem fazer demagogia por lá ou em qualquer outro lugar.

 

Fedendo
Vários leitores acionaram a coluna para reclamar da falta de coleta de lixo em alguns bairros essa semana, apesar dos comunicados oficias falarem que os serviços estavam normalizados, em alguns bairros periféricos a situação não era essa. Muita gente na bronca.

 

Gás
O desespero agora é por botijão de gás, muita gente criando grupos para informar em tempo real aonde chega a preciosa mercadoria. E como não poderia deixar de ser, tem comerciante aproveitando para dar uma salgadinha no preço, alô PROCON!

 

Constrangedor
Acredito que para muitos militares presentes na cerimônia dos 243 anos da gloriosa Policia Militar de Minas Gerais, foi no mínimo constrangedor ter que se perfilar para um governador que, alem de envolvido em inúmeras denuncias, ainda tem tratado o funcionalismo com tanto descaso, apenas penso, posso estar errado.

Publicidade