Coluna Mozart Jr. sem censura

mozartjr2011@gmail.com

 

Palavras

“O topo da inteligência é alcançar a humildade.

Textos Judaicos

 

 

Furto ou ignorância?


O caso da invasão do Grupo da Prece, local onde Chico Xavier atendeu por tantos anos e fez história em prol dos necessitados, levanta uma questão preocupante. Se for furto, até os marginais perderam a noção de realidade e do mínimo de decência, se foi invasão caminhamos para um estado perigoso de intolerância religiosa que pode vir a causar dissabores muito maiores e isso, se verdade, fomentado por pessoas que não tem desculpa.

 

Reduziu o que?

 


Enquanto a população se sente  cada dia mais acuada, mais refém da criminalidade, o governo do Estado e comandos das polícias divulgam números que falam em redução da criminalidade. Aí fica a pergunta: reduziu onde?

 

 

 

Na divulgação?
O que se vê é que parece que a única diminuição foi na divulgação dos crimes apenas, por exemplo, enquanto  as redes sociais mostram pessoas desesperadas com roubo de seus veículos, ás vezes chegando a números absurdos diariamente, divulga-se um ou outro, apenas quando há uma situação em que não há como segurar...

 

Negociando
E não são poucos os casos de vítimas que tem preferido pagar o resgate, já que me muitos casos de roubos de veículos os autores entram em contato com as vítimas e pedem resgate para devolver o veículo furtado. Isso não seria um claro sinal de desesperança e descrédito com a forma como é tratada a questão da segurança pelos governos?

 

Crise
Vivemos talvez a maior crise na questão de segurança pública da história deste país, onde a marginalidade não só aumentou como também aumentou o desrespeito em relação às forças de segurança. O crime hoje é cada dia mais organizado e dá provas disso em ações que não encontram resposta do estado. Vide caso Rodoban...

 

Ao Deus dará 
Os agentes da segurança pública se sentem cada dia mais ao Deus dará com as resoluções políticas e politizadas dentro das instituições de segurança. Em conversa com algumas pessoas da área, salientavam para o crescente número de autoextermínio entre membros de instituições de segurança e também de ações tresloucadas de outros, a depressão tem assolado as tropas como nunca dantes, não seria isso um reflexo  de algo muito sério?

 

Alvos
A grande verdade é que enquanto nos gabinetes com ar condicionado os comandos criam histórias mirabolantes para a imprensa, cá no front, cada dia que passa aumenta a sensação de estar se tornando um alvo humano...até quando?

 

Política
Isso tem um reflexo direto na política, há de se ver o crescimento da campanha da Jair, o “Messias”, Bolsonaro, tido como esperança de muita gente para mudar o quadro caótico em que a segurança pública se transformou.

 

Perdendo

 


Muita gente nas redes sociais comemorando a saída do deputado Tony Carlos da ALMG, como era suplente Tony teve que ceder lugar ao dono da cadeira que voltou. O que essas pessoas não estão levando em conta, é que estão comemorando a diminuição da força política de Uberaba. Independente de críticas por suas convicções, ninguém pode negar que Tony Carlos briga por Uberaba.

 

Oportunismo
Muita gente se esquece também que, como estamos em ano político, vários oportunistas de plantão já começam a aparecer, gente que fica quietinha até essa época, aí de repente ressurge como defensor  dos interesses comunitários e totalmente “desinteressado”.

 

Ruim com...
Como dito, se está ruim com Tony lá, fica pior sem. Qualquer pessoa mais arrazoada e que não se deixa levar pela paixão pode perceber isso. 

 

Pior sem
E pode piorar. A se confirmar o grande número de candidatos a deputado pela cidade, podemos ficar sem nenhum...  O risco existe e se cristaliza cada dia mais com a insistência de candidaturas sem chances, mas com poder para prejudicar outras.

Expectativa
A grande expectativa é sobre o apoio do prefeito Paulo Piau, ficará com Tony ou se dividirá com Jammal, por exemplo? Enquanto alguns acham que Jammal não tem condições, outros acreditam que ele pode sim, seguir a trajetória de outros ex- Cohagra que se deram bem na política...

Não reeleger
O grupo que prega a não reeleição tem seus argumentos, e bons, porém, é preciso serenidade. Não adianta achar que um grupo de rede social apenas possa significar uma mudança significativa e também é preciso ficar atento a quem tenta se aproveitar dessa história. As redes sociais terão sim grande peso na eleição, mas é bom ter os pés no chão  e não achar que curtida no Facebook é sinônimo de voto garantido por exemplo. Tivemos casos recentes de candidatos com milhares de seguidores que não se elegeram ...

 

Cartel?
Enquanto se investiga se existe um cartel dos postos em Uberaba, vários leitores acionam a Coluna para falar sobre outro, em suas opiniões, o do gás. Uma leitora cotou um vasilhame cheio e ficou surpresa ao descobrir que o preço é exatamente o mesmo em todos os depósitos...

 

Reunião


O vereador e líder do governo, Almir Silva participou de uma reunião com o presidente do sindicato Rural de Uberaba, Romeu Borges de Araújo Júnior, durante a reunião, que durou mais de 2 horas, na sede da entidade foram abordados vários assuntos, principalmente desenvolvimento de Uberaba, agronegócios, projetos estruturantes e como não poderia deixar de ser eleições de 2018.

 

Positivo
Gerente da loja Giga recebe o elogio da semana. O caso foi o seguinte; uma consumidora resolveu aproveitar uma oferta de um produto que estava anunciado e ao chegar ao caixa foi informada pela atendente que a promoção havia acabado. A consumidora questionou já que o cartaz estava lá. Contrariada a moça do caixa chamou a gerente, esta por sua vez, sorridente e agradável reconheceu o erro da loja e disse que a cliente poderia levar quantas unidades quisesse no valor anunciado. A cliente saiu satisfeita, a loja não teve problemas e a moça do caixa aprendeu uma lição...

 

Publicidade

Anuncie