Coluna Mozart Jr.

mozartct@yahoo.com.br

 

Palavras

A justiça, cega para um dos dois lados, já não é justiça. Cumpre que enxergue por igual à direita e à esquerda.

Rui Barbosa

 

 

Novo patamar


Com a divulgação da nova composição do AVANTE na cidade, algumas coisas mudam de lugar. Por exemplo, o Sr. Jair Pereira que usa as redes sociais para atacar adversários de forma as vezes até inconsequente, passa a ter que pensar duas vezes antes de falar... Já não terá a conferência em suas falas de “serem apenas as falas de um cidadão revoltado" , agora o interesse partidário ficará claro e pode render respostas mais duras...

 

Pretensão
O vereador Thiago Mariskal que vem adotando o “ método Janones" em suas ações políticas  parece agora ter encontrado ninho  certo, uma vez que seu chefe de gabinete Rodolfo Natalio é  o vice presidente do partido na cidade, se alguns desconfiavam, agora muitos tem certeza que o vereador pensa em voos mais altos e acredita na chancela do deputado André Janones, para muitos entendidos do assunto na cidade, essa pretensão pode esbarrar nos interesses do presidente estadual do partido, que segundo esses, gosta é de ter cartas na manga...

 

Atraso
Apenas uma observação nessa história, não teria havido aí um pouco de complexo de Barrichello? Porque o barulho que o deputado fazia quando era apenas aspirante ao cargo, hoje não tem sido tão alto...Já se vão mais de 100 dias de mandato e diferente de outros , menos midiáticos,  sua prestação de contas não parece ter enchido os olhos daqueles que o elegeram...
Talvez fosse a eleição local no ano passado e seu peso seria sim totalmente decisivo, hoje será que o patamar é o mesmo?

 

Furacão
Mas uma coisa é certa, 2020 deverá fazer estrago em algumas carreiras políticas e também em algumas ilusões... candidato a desiludido não vai faltar.

 

Ricochete
Uma coisa que deveria ser levada em conta por pessoas que almejam cargos políticos,  é  a forma de criticar e lançar dúvidas sobre a moral dos que lá estão, afinal, se alcançados os objetivos, essas pessoas amanhã estarão sujeitas aos mesmos julgamentos...

 

Justiça
Vemos o país voltar a se dividir por conta da divulgação das descobertas do site The Intercept , as discussões voltam a ficar acaloradas e parecem tratar de futebol...
Infelizmente o que vemos é que a cada dia mais as pessoas estão menos dispostas ao diálogo, ao contraponto, a tentar ouvir o outro lado...

 

Não criou história
É fato que houve abuso, aí mais uma vez Maquiavel é citado, apesar de seus historiadores não reconhecerem essa fala, “Os fins justificam os meios “,  em suas obras, ela é usada para defender o que foi tema dos debates.
Temos que ser razoáveis e analisar sem paixão, seja ela lulopetista ou bolsominiana, a justiça não pode ser atropelada por interesse nenhum, NADA pode interferir em um processo que envolva questões relacionadas a ela.
Os mesmos que defendem hoje, condenaram ontem esse tipo de atitude e os que esperneiam, aplaudiam.

 

Descaminho
Única coisa certa é que esse não é o caminho para uma nação encontrar seu rumo... Vivemos tempos de intolerância, hoje vamos figuras sendo executadas por discordarem de qualquer coisa que seja dita por aqueles que assumiram as rédeas do país. Não é ignorando toda e qualquer dúvida que paire sobre as ações de um governo que se fará com que ele seja prodigioso.

Inimigos do rei
A coisa chegou a tal ponto que o professor Villa virou lulopetista, Reinaldo Azevedo também, ou seja, só mudaram o lado do tabuleiro, ou você ama e concorda com tudo ou você é inimigo da pátria...
Se as pessoas olharem para dentro de si mesmas, perceberão que estão simplesmente repetindo comportamentos, a única mudança foi na cor das camisas, o ódio segue guiando as vozes...

 

Calma
Não, antes que perguntem, não considero Lula uma vítima, não considero que ele seja inocente, apenas reitero minha profunda preocupação com o atropelamento dos ritos legais, para entender: E se amanhã for comigo ou alguém da sua família leitor? Os fins terão justificado meios...?

 

 

Mira errada
Culpa? Aliás, querer culpar um jornalista por ter feito uma investigação e ignorar o que a investigação apurou é no mínimo incoerente por parte de quem até outro dia bradava por justiça e transparência nesse país

 Redes sociais

Em evento realizado pela San Marco para lançamento do novo SUV da Peugeot, marca agora representada pela empresa também, estive com a vereadora Denise e o vice-prefeito Ripossati.  Tivemos uma boa conversa e um dos temas foi exatamente a adequação por que terá que passar a questão das redes sociais no que tange ao tratamento dispensado a adversário políticos ou mesmo a pessoas que não comunguem do mesmo pensamento.  Hoje, o território ainda é livre para muitos ataques que ignoram princípios básicos de cidadania e respeito ao próximo.  A expectativa é de que cresçamos é passemos a usar esse instrumento de forma civilizada o mais cedo possível.

Concordância

O procurador do município, Dr. Paulo Salge, com quem tive o prazer de trocar umas ideias nesta terça feira, concorda com essa posição. Salge disse que também espera que se chegue a um termo de razoabilidade para o que é aceitável em termos de redes sociais, para  ele, os abusos ainda são permitidos porque a própria justiça está se adequando ao processo no desenrolar dele.

 

 

 

Publicidade

Anuncie