Circo do Povo receberá oficinas do Projeto Talentos Cidadania neste final de semana

O Circo do Povo receberá, neste sábado (15), a partir das 16h, oficinas de DJ e danças urbanas e, às 18 horas, as apresentações dos trabalhos desenvolvidos pelos alunos nas oficinas. As atividades fazem parte do Projeto Talentos Cidadania, que é uma parceria entre o Shopping Uberaba, Unimed, Instituto Agronelli e Fundação Cultural de Uberaba.

Cairo Damasceno, conhecido como Toi, fala sobre a importância de levar o Projeto até o Circo do Povo. Para ele, o Projeto tem sido produtivo e a resposta é dada quando ele chega aos locais e os alunos das oficinas estão esperando por ele, na entrada. "Não tem como não perceber que o Projeto tem impacto positivo na vida dos meninos porque eles ficam esperando a hora da oficina. Eles falam que é o momento deles", declara o rapper.

Toi explica, também, que o Projeto tem sido uma extensão da Batalha do Calçadão, além de ser a oportunidade de ocupar espaços públicos de forma organizada, e trabalhar não só o Hip Hop, mas também agregar outras atividades culturais. "Me vejo como agente cultural, principalmente por estar como arte educador no Circo do Povo. Esse ano eu deixei de ser o cara do hip hop e passei a ser o cara que leva Cultura para a periferia. A gente leva a disciplina e a Cultura para as periferias, esse olhar para a comunidade, essa autonomia e importância de cidadania para todos", pontua Toi.

O arte educador conta que o Projeto chegou em suas mãos através do Marcelo Augusto e do Terence Melo, do Instituto Agronelli. Ele explica que tem a sensação de que o trabalho que já era feito passou a ser reconhecido por outras pessoas e que, a partir daquele momento, poderia executar de forma melhor.

Talentos Cidadania - O Projeto surgiu, há pouco mais de um ano e meio, quando o Shopping Uberaba entrou em contato com Marcelo Augusto Teodoro de Andrade, presidente adjunto da Fundação Cultural e um dos idealizadores do Projeto. A ideia era otimizar uma parceria que já existia entre o shopping e o Instituto Agronelli, que consistia em oferecer um dia inteiro de maratona de esportes numa unidade escolar do Município. Dadas as possibilidades, surgiu a atividade como a deste final de semana que é a integração de atividades esportivas incrementada com cultura hip hop e grafite.

Marcelo explica que a incerteza da viabilidade do Projeto passou e a próxima etapa será a aplicação de pesquisas de satisfação junto aos alunos das oficinas, além de cadastro para que os organizadores do Projeto possam fazer acompanhamento das atividades realizadas e da forma como isso tem impactado a vida dos jovens. "É importante que saibamos como o Projeto tem influenciado a vida desses meninos e a linguagem mais democrática são as redes sociais. A nossa intenção é saber se eles estão matriculados e frequentando a escola ou algum curso profissionalizante", declara Marcelo.

A atividade terá entrada franca e o Circo do Povo fica na Rua Doutor Vivaldo Silveira, 413, no Residencial Rio de Janeiro.

Publicidade

Anuncie