Campanha de vacinação contra a Influenza se encerra amanhã

A partir de segunda (03), vacina estará disponível para toda a população  

Uberaba encerra a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza se encerra nesta sexta-feira, dia 31, sem prorrogação. Em balanço da Secretaria de Saúde de Uberaba, divulgado nesta quinta (30), no entanto, os dados mostram que apenas 78,3% do público alvo já foi imunizado, ou seja, 72.547 pessoas.

A campanha, que iniciou no dia 10 de abril, tem como meta local vacinar pelo menos 83.430 pessoas, o que corresponde a 90% do grupo prioritário (100% - 92.701 pessoas), somando o grupo com comorbidades. A porcentagem de vacinação está atrás dos números de Minas Gerais, que é de 85,1%. Já a cobertura vacinal do Brasil é de 78,1%.

Segundo o diretor de Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde, Robert Souza, a Campanha não será prorrogada. “São grupos que estão mais suscetíveis a terem uma gripe mais grave, então reforçamos para essas pessoas para se imunizarem o mais rápido possível, mas a partir do dia 03 de junho as doses restantes serão disponibilizadas para toda a população, de acordo com a orientação da Secretaria de Estado de Saúde”, relata Robert. 

O grupo prioritário das crianças de seis meses a menores de seis anos de idade é o com a porcentagem mais baixa de vacinação, com 67,2% do público alvo imunizado (13.787 doses aplicadas). Em seguida são os grupos de professores (69% - 2.290 doses), comorbidades (74,9% - 14.630 doses) e gestantes (76,5% - 2.372 doses), respectivamente. Os grupos prioritários que mais compareceram, em porcentagem, foram os puérperas, trabalhadores da saúde e idosos, com 91,4% (466 doses aplicadas), 89,3% (6.709 doses) e 81,1% (30.968 doses), em ordem.

A vacinação acontece das 08h às 16h, e em caso de dúvidas, as pessoas podem procurar o posto de saúde mais próximo, ou podem ligar na Central de Vacinas, pelo número 3322-7822.

Público Alvo - Os grupos prioritários para a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza 2019 são as crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), as gestantes, as puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhadores da área de Saúde, professores de escolas públicas e privadas, indivíduos com 60 anos ou mais de idade, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, pessoas portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, policiais civis, policiais militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas.

 

Publicidade