Beneficiados pelo Bolsa Família são atendidos durante ação do GIPP

Moradores do Residencial Rio de Janeiro beneficiados pelo Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV) participaram nesta quinta-feira (11) de mais uma ação do projeto Técnico Social da Companhia Habitacional do Vale do Rio Grande (Cohagra), o GIPP - Grupo Institucional do Poder Público, que tem o envolvimento de outras Secretarias Municipais.

A ação foi voltada para as crianças que são beneficiadas pelo Programa Bolsa Família, tendo como exigência a pesagem e orientações do programa junto à Secretaria de Saúde. Os contemplados foram atendidos no CEMEI Dirce Miziara e atendeu aos moradores do Rio de Janeiro A, B e C.

De acordo com a coordenadora do projeto Mônica Prata dos Santos, a atividade foi realizada em parceria com as Secretarias Municipais de Saúde e Educação que disponibilizaram recursos humanos, equipamentos e mobiliário para a pesagem das crianças e gestantes do bairro. A equipe técnica municipal prestou esclarecimentos realizando mais de 50 atendimentos.

“A iniciativa do GIPP partiu da identificação de muitas famílias que estão sem atendimento. Os critérios para o recebimento do Bolsa Família priorizam essas atividades que são a pesagem das crianças até 7 anos, bem como acompanhamento das medidas para comprovação do seu crescimento. As gestantes também são monitoradas devendo ser realizado o pré-natal”, explicou Prata.

Para o presidente da Cohagra, Marcos Jammal, a ação mostra que a companhia acompanha o mutuário desde a inscrição e depois da entrega da sua moradia.

“O prefeito determina que devemos levar o serviço à comunidade e o GIPP atende essa diretriz. Muitos moradores apresentam dificuldade para reaizar esses acompanhamentos e nossa equipe está disponível para agir”, relatou Jammal, destacando o  trabalho realizado pelas equipes das secretaria de Saúde e Educação.  

Arte em pallets – Monica Prata reforçou o convite para a realização neste sábado (13), das 9 às 13 horas, das oficinas de arte em pallets, no CEMEI Dirce Miziara, com atividades gratuitas. As oficinas serão ministradas pela equipe da comunidade terapêutica Templo de Israel que realiza trabalhos com floreiras feitas em pallets. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no CEMEI, na sexta-feira, das 7 às 12 horas, durante o plantão social da Cohagra. 

Publicidade