Alunos da Feti nas ações do Maio Amarelo

Os aprendizes também participaram de atividades voltadas ao mercado de trabalho e palestras contra a violência sexual contra crianças e adolescentes

As ações em prol da conscientização de um trânsito mais seguro – o Maio Amarelo, contou com a participação dos alunos da Fundação de Ensino Técnico Intensivo “Dr. Renê Barsam” (Feti). Desde o início do mês, os jovens atuaram junto com a equipe do Departamento de Educação no Trânsito da Secretaria de Defesa Social, organizadora do evento.

Os alunos promoveram ações de conscientização com pedestres que passaram pelo Calçadão da Artur Machado oferecendo dicas e informando sobre a responsabilidade de pedestres e motoristas na redução do número de acidentes que cresce no País.

Outro evento foi o 17º Encontro de Bons Negócios promovido pela Cooperativa dos Empresários Rurais do Triângulo Mineiro (Certrim). Na oportunidade, os jovens foram recepcionados pelo presidente da cooperativa, Luiz Henrique Borges Fernandes que apresentou toda a estrutura do evento aos participantes.

No último dia 15, outra atividade  com a participação dos servidores da Feti foi a palestra com a  fundadora e vice-presidente do Conselho de Administração do Grupo Sabin, Janete Vaz sobre liderança,  quando pontuou que “nenhum líder é bom sozinho”.

Durante o encontro, Vaz declarou que o “sucesso de uma organização está na comunicação e a empresa que não investe nas pessoas está fadada ao desaparecimento”. A palestrante falou com os presentes sobre a importância dos sonhos na vida dos profissionais.

“Sonhar grande ou sonhar pequeno dá o mesmo trabalho. Essas afirmações podem se colocadas em prática, mudar os rumos quanto ao sucesso de um empreendimento, destacou a diretora da Feti, Sônia Manzan.

Violência Sexual – A semana de atividades foi encerrada com a campanha “Faça bonito – proteja nossas crianças e adolescentes”, onde os alunos participaram da ação anual promovida pelo Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes.

Sonia Manzan explica que a ação tem o objetivo de mobilizar, sensibilizar, informar e convocar a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes.

“Essa ação é voltada especialmente para promover o direito dessas crianças e adolescentes crescerem saudáveis e livres do abuso e da exploração sexual. Envolver toda a equipe da Feti/Probem, sejam alunos ou servidores é muito importante para que possamos expandir o conhecimento e o envolvimento de todos em eventos de mobilização e reflexão que devem ser levados para toda a vida”, pontua.

Publicidade

Anuncie