Saúde

Maioria das pessoas desconhece taxas de colesterol no organismo, diz pesquisa

Uma pesquisa feita pela Sociedade Brasileira de Cardiologia mostra que 67% das pessoas desconhecem os valores atuais de colesterol no próprio organismo. Ter o colesterol alto é um dos fatores de risco que levam a doenças cardiovasculares, muitas vezes silenciosas. Hoje, no Dia Nacional de Combate ao Colesterol, entidades médicas lembram da importância do cuidado com as taxas desse tipo de gordura.

Uberaba realiza 6ª corrida contra o câncer

Promover a saúde e a qualidade de vida de adolescentes e crianças com câncer é a missão do Instituto Ronald McDonald e, para cumpri-la, são realizadas campanhas e eventos através de parcerias e doações de pessoas físicas e jurídicas como mais uma frente de captação para transformar o cenário do câncer infantojuvenil no país. Em Uberaba, corrida vai fazer parte da campanha que tem como ponto principal, o “McDia Feliz”, promovido pelo Instituto Ronaldo McDonalds, à ser realizado no dia 26, em todas as unidades da rede fast-food McDonald’s, onde toda renda do Big Mac é revertida para entidades que cuidam de pacientes com câncer.

Morte de idosa em UPA ainda está sendo investigada

O drama das Upas em Uberaba parece onge de acabar, mesmo após a saída da Pró Saúde as reclamações ainda seguem a todo vapor. O caso de uma idosa de 79 anos que morreu na unidadse São Benedito e segundo uma denúncia, por conta de um erro médico, soma-se aos muitos já reclamados das unidades e vem trazer o primeiro desafio da gestão da FUNEPU.

A diretoria da FUNEPU abriu investigaão para apurar se houve mesmo erro no procedimento a que a idosa foi submetida.

Cientistas conseguem 'apagar' doença cardíaca genética com edição de DNA

Cientistas conseguiram, pela primeira vez, remover de embriões um pedaço defeituoso de DNA, responsável por uma doença cardíaca genética fatal.

A iniciativa bem-sucedida tem o potencial de, no futuro, prevenir estimados 10 mil problemas de saúde hereditários, que passam de geração a geração.

Mas ao mesmo tempo em que traz alento a milhões de famílias, a técnica desperta debates éticos por causa da adulteração de DNA.

Fatores emocionais podem desencadear ocorrência do vitiligo

 

O Dia Nacional dos Portadores de Vitiligo foi lembrado na terça-feira, 1º, para conscientizar sobre a importância do diagnóstico precoce e do tratamento aos pacientes, mas também para desmistificar a doença para o restante da população.

Marcado pela perda da pigmentação da pele, o vitiligo não é contagioso e acomete cerca de 0,5% da população mundial, de acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

Seu filho tem transtornos de aprendizagem ou apenas uma dificuldade?

Quando estão em período escolar, é comum algumas crianças apresentarem certas dificuldades. Mas como saber se essa complicação é ou não um transtorno? Pais e professores também se deparam com esse questionamento. Segundo especialistas, família e escola devem ficar atentos para que os pequenos não sejam vistos como preguiçosos ou desinteressados.

 

Uberlândia passa a oferecer técnica de reconstrução e alongamento dos ossos

Inédita na região, especialidade pode ser a única solução para problemas graves, evitando até amputação

Existem adversidades que podem mudar a vida de uma pessoa. Um acidente grave, um problema congênito ou um episódio que tenha deixado parte dos sonhos amputados. O que muitos desses pacientes não sabem é que existe um tratamento que pode garantir uma nova esperança para seguir em frente de forma mais digna, podendo retomar a rotina normal futuramente. Tudo isso é proporcionado graças à técnica de reconstrução e alongamento ósseo, que chega este ano a Uberlândia.

Boletim confirma morte por dengue em Uberaba

Segundo o boletim epidemológico da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, em 2017 foram confirmados 13 óbitos por dengue. Os óbitos são residentes nos municípios: Araguari, Arinos, Bocaiúva, Campim Branco, Ibirité, Leopoldina, Medina, Monsenhor Paulo, Patos de Minas, Ribeirão das Neves, São José do Divino, Uberaba,  e Uberlândia. Não existe uma faixa etária predominante; a mediana de idade foi de 53 anos (3 a 93 anos). Além desses, o Estado possui outros 13 óbitos que estão em investigação. Uberaba: segundo a secretaria de saúde, a vitima em Uberaba foi uma senhora de 88 anos, portadora de patologia renal crônica e foi atendida na rede particular de saúde.

Páginas

Publicidade

Subscrever Saúde