Política

Uberlândia também quer ficar no gás total

O presidente da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), Djalma Bastos de Morais, esteve na tarde dessa quarta-feira (26), em Uberlândia, para negociar que o gasoduto que ligará Betim a Uberaba, também passe pelo município. O gasoduto terá capacidade inicial para transportar três milhões m³/dia de gás natural.

No encontro estiveram reunidos o prefeito da cidade, Gilmar Machado, o prefeito de Uberaba, Paulo Piau, e representante da Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig), uma das quatro empresas envolvidas no projeto que também compreende a Cemig, Petrobras e Gaspetro.

Prefeito comemora nota da Petrobrás

O plano abrange o período de 2014 a 2018 e, segundo o prefeito, vem apenas confirmar o que já havia sido anunciado pela administração, bem como pela própria presidente Dilma Roussef, ou seja, a fábrica será construída em Uberaba.

O prefeito Paulo Piau recebeu hoje (26), a ligação de representante do Conselho de Administração da Petrobrás, informando que o PNG - Plano de Negócios e Gestão, aprovado para a área de Gás e Energia inclui recursos na ordem de 10 bilhões de dólares, com destaque para a Unidade de Fertilizantes Nitrogenados – UFN V (fábrica de amônia) de Uberaba, e os gasodutos respectivos. O Plano abrange o período de 2014 a 2018.

Prefeitura busca fortalecer laços entre produtores e empresa

O titular da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Sagri), Danilo Siqueira, e o titular da Secretaria de Meio Ambiente (Semat), Vinícius Rodrigues, se reuniram com o presidente do Sindicato Rural de Uberaba, Romeu Borges e com representantes da região para a apresentação da Empresa JBS. O intuito da reunião foi conhecer a empresa e fortalecer os laços com representantes rurais da região e a administração pública junto à companhia.

Secretario não espera nem o carnaval pra sair

Decisão do secretário foi de caráter pessoal. Vinicius reafirmou seu compromisso com o Governo e amizade com o prefeito Paulo Piau.

O prefeito Paulo Piau informou hoje (26), que o secretário de Meio Ambiente, Vinícius Rodrigues, não faz mais parte do 1º escalão do governo. Segundo o prefeito, o secretário já havia manifestado o pedido no ano passado, mas postergou o anúncio em função dos vários projetos em andamento na secretaria. Rodrigues informou que a decisão foi pessoal e foi tomada em função de suas outras atividades empresariais.

Páginas

Publicidade

Anuncie
Subscrever Política