Opinião

STF e a Censura

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que a Revista Crusoé e o site O Antagonista, retirassem do ar textos que associam, indevidamente, o ministro Dias Toffoli, quando exercia a função de Advogado Geral da União, à Odebrecht.

Jornal Folha Uberaba da show de pluralidade, mas é criticado – Por Vitor Von Silva

Nos últimos dias as publicações do colunista Marco Túlio Oliveira Reis geraram comentários e críticas (des) “construtivas” ao Jornal Online Folha Uberaba, que replicou a publicação na página oficial do jornal no facebook. Os leitores foram objetivos nos pressupostos: “Folha, cadê a imparcialidade?”, “A Folha se rendeu para a onda do ‘Lula Livre’, igual G1, UOL, Veja […]”. Vamos fingir que todos leram mais do que o título do artigo de Marco Túlio? Impossível! Pois, qualquer um que o tivesse lido constataria que, para um possível adepto do viés de esquerda, o colunista foi muito coerente em seu texto. Ora, os analistas de discurso de plantão reforçam esta teoria.

Stalking, uma opressão sem limites

Com o sucesso da série “You”, produção original da Netflix, o tema Stalking veio à tona. O termo vem do verbo inglês “to stalk”, que designa uma forma de violência na qual o sujeito ou sujeitos ativos invadem repetidamente a esfera de privacidade da vítima, causando-lhe enormes danos ao psiquismo, sendo o stalker, aquele que pratica a conduta imoral e criminosa. Atualmente, existem leis que punem o stalking, portanto, é coisa séria.

Lula preso há um ano, não é motivo nem de protesto, nem de comemoração

Completou um ano, que o condenado e ex-presidente Lula encontra-se preso nas dependências da Polícia Federal de Curitiba.

Lula foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro, no caso do apartamento Tríplex localizado na cidade de Guarujá/SP. Além deste processo, já fora condenado, em primeira instância, em outro referente ao sítio de Atibaia, também em São Paulo, além de responder a outros inquéritos e processos criminais.

Os números alarmantes da Previdência Social são verdadeiros?

Não se discute a necessidade de se ajustar as regras da Previdência Social. Mas a inexistência preliminar de laudo de auditoria externa atestando a situação deficitária da instituição é muito preocupante diante da sociedade, que deseja ver transparência nas contas previdenciárias.


Por outro lado, a reforma não pode mascarar a origem dos números reais que levaram ao suposto déficit (por exemplo: desvios ou uso  de recursos da previdência para outras finalidades), bem como a responsabilidade dos gestores políticos.

Páginas

Publicidade

Subscrever Opinião