Geral

Justiça mineira condena mais dois réus envolvidos no Massacre de Felisburgo

A Justiça de Minas Gerais condenou mais dois réus no processo que julga o chamado Massacre de Felisburgo, ocorrido em novembro de 2004, e no qual cinco trabalhadores sem terra foram mortos e outros 12 ficaram feridos. Francisco de Assis Rodrigues de Oliveira e Milton Francisco de Souza foram condenados a 102 anos e seis meses de reclusão, cada um, por tentativa de homicídio, homicídio qualificado e por terem colocado fogo no acampamento Terra Prometida, montado pelos sem-terra. A pena dos réus, que vão recorrer em liberdade, foi anunciada aproximadamente às 1h30 de hoje (24).

Estado apresenta dados de criminalidade em 2013 e anuncia divulgação mais detalhada de estatísticas

Estado apresenta dados de criminalidade em 2013 e anuncia divulgação mais detalhada de estatísticas Estado apresenta dados de criminalidade em 2013 e anuncia divulgação mais detalhada de estatísticas Estado apresenta dados de criminalidade em 2013 e anuncia divulgação mais detalhada de estatísticas Estado apresenta dados de criminalidade em 2013 e anuncia divulgação mais detalhada de estatísticas.

Uerj expulsa aluno de medicina que fraudou sistema de cotas sociais

Um aluno que fraudou o vestibular de medicina da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) foi expulso da instituição e ainda pode responder na Justiça pelo crime. A fraude no sistema de cotas sociais foi identificada ao final de 2013, com base em denúncias de colegas do  próprio curso. É o primeiro caso do tipo na Uerj, desde a criação das ações afirmativas, há 12 anos.

Entidades divulgam carta de repúdio às condições de trabalho no Mais Médicos

Entidades médicas divulgaram hoje (9) carta de repúdio às condições de trabalho dos profissionais, cubanos ou não, que atuam no Programa Mais Médicos. O Conselho Federal de Medicina, a Federação Nacional dos Médicos e a Associação Médica Brasileira alegam que o contrato fere direitos individuais e trabalhistas.

As entidades querem que todas as denúncias e os "indícios de irregularidades" no processo de contratação de intercambistas e de médicos brasileiros sejam apurados pelo Ministério Público Federal, pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) e pelo Supremo Tribunal Federal.  

Antropólogos denunciam racismo na regularização de terras quilombolas

Agência Brasil

 

Remanescentes de quilombos sofrem racismo do Estado brasileiro, segundo a Associação Brasileira de Antropologia (ABA). Para os especialistas, as decisões técnicas e políticas do governo federal estariam impedindo a regularização fundiária dessas comunidades, pilar de uma série de outros direitos. O racismo das instituições públicas é determinante para que os quilombolas continuem à margem da cidadania, denunciam os antropólogos.

Uberaba conquista dois núcleos do Programa Vida Saudável

O Ministério do Esporte acaba de autorizar que a Prefeitura de Uberaba, através da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Smel), desenvolva dois núcleos do Programa Vida Saudável. Uberaba foi a 1ª cidade mineira contemplada. O objetivo é oportunizar a prática de exercícios físicos, atividades culturais e de lazer para o cidadão idoso, estimulando a convivência social, a formação de gestores e lideranças comunitárias, a pesquisa e a socialização do conhecimento, contribuindo para que o esporte e o lazer sejam tratados como políticas públicas e direitos de todos.

Monitoramento da dengue mostra 43 bairros em estado de alerta

A Secretaria de Saúde de Uberaba divulgou os dados da semana 6 de 2014, do monitoramento em tempo real instalado na cidade e que aponta os bairros mais infestados com o mosquito da dengue. Foram identificados 43 bairros em estado de alerta sendo que, em 20 deles, a infestação está em estado crítico. Mede-se a situação do bairro pelo número do IMFA semanal (Infestação Média da Fêmea do Aedes Aegypt). Quando o número está entre 0,3 e 0,6 o estado é considerado “Alerta” e se é maior do que 0,6 o estado já é considerado “Crítico”. Na semana 5 existiam 34 bairros em estado de alerta, o que mostra que 9 bairros entraram na “zona amarela”.

 

Páginas

Publicidade

Subscrever Geral